Ar-condicionado faz mal à saúde?

27/02/2018

Lamego Climatização

 

O Condicionador de ar não é nenhum vilão para o nosso corpo, além de não prejudicar a saúde, ainda pode aumentar a produtividade no ambiente de trabalho e até mesmo ajudar na recuperação de pacientes enfermos.

Mas existem sim alguns cuidados que devemos ter ao utilizar o aparelho para evitarmos incômodos ou desconfortos e podermos desfrutar de todo o conforto e benefícios oferecidos por esta tecnologia.

 

 

 

 

Não, o ar-condicionado não faz mal à saúde quando utilizado adequadamente. Trata-se de um aparelho que climatiza o ambiente através de um fluído refrigerante (gás), que pode refrescar ambientes quentes e aquecer ambientes frios, mas neste segundo, somente nos modelos com o ciclo reverso (quente e frio).

 

 

A utilização adequada do ar-condicionado não vai trazer nenhum mal à sua saúde, fique tranquilo. Seguem algumas dicas para você ficar informado e para tirar o melhor proveito do seu equipamento.

 

 

Todo o aparelho de Ar-Condicionado possui um Filtro de Ar que deve ser limpo periodicamente, pois nele ficam armazenadas todas as impurezas presentes no ar do ambiente, como fungos e bactérias. Sem a devida limpeza dos filtros, com o tempo estas impurezas acabam retornando ao ambiente e isso pode resultar em uma proliferação de bactérias e vírus desencadeando alergias e gripes, por exemplo.

 

 

Existem aparelhos de Ar-Condicionado que possuem tecnologia extra para eliminar centenas de vírus e poluentes do ar como o Vírus Doctor, o Filtro HEPA, dentre outros. Mas para o devido funcionamento destas tecnologias, os filtros de ar também devem estar devidamente limpos e higienizados.

 

 

A higienização completa do aparelho deve ser feita por um especialista, também deve ser realizada sempre que possível, pois somente o profissional conseguirá abrir a unidade interna e promover a limpeza completa.

 

 

 

Pessoas alérgicas tem maior tendência a reagir à mudança repentina de temperatura, por isso evite ficar parado na direção do insuflamento (fluxo de ar) da unidade interna, para evitar reações alérgicas causadas por este motivo. Outro recurso que pode ser observado na grande maioria dos aparelhos é a possibilidade de desviar o fluxo de ar evitando assim o contato direto com seu corpo. Caso você não tenha o controle sobre a direção do fluxo de ar e da temperatura do ambiente, procure cobrir o pescoço e o tórax com agasalhos.

 

 

Se você gosta de dormir com ar-condicionado ligado, utilize os recursos que o aparelho oferece, muitos aparelhos possuem a Função "Dormir” ou “Sleep" que proporcionam uma noite de sono ainda mais agradável, pois fazem o ajuste gradual da temperatura inicialmente escolhida em acordo com a variação da temperatura corporal que acontece durante o período de sono. Recomenda-se o ajuste da temperatura entre 22°C e 25°C e o acionamento desta função ("Dormir” ou “Sleep") para obter o melhor conforto durante a noite toda. Caso o seu aparelho não ofereça esta funcionalidade, procure não deixar o aparelho com uma temperatura muito baixa. Lembre-se quando acordar de abrir as janelas para o que o ar do ambiente seja renovado.

 

 

Cuide da umidade do ambiente, pois o aparelho de Ar-Condicionado em funcionamento acaba diminuindo a umidade presente no ar, isso pode ocasionar o ressecamento das vias respiratórias, causando desconforto para algumas pessoas. Se você perceber este tipo de desconforto periodicamente, recomendamos a umidificação do ar no ambiente (utilize um aparelho umidificador, por exemplo), e a hidratação do corpo bebendo água.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Projeto de lei que prevê aproveitamento da água do ar-condicionado é aprovado pelo Meio Ambiente

10.01.2017

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload